Ações, Estratégias de Investimento, Opções, Operações Realizadas

Operação de Compra de PUT PetrU13 em 22-08-2016

Amigos, na quinta-feira (18/08/2016) eu realizei a compra da PUT PetrU13. Segue resumo da operação que foi zerada agora próximo à abertura desta segunda.

put a seco

Anúncios
Ações, Estratégias de Investimento, Opções, Operações Realizadas

Operações Realizadas de PUT

Amigos, estou operando bastante nesta alta das ações, mas estou sem tempo de postar aqui o momento de entrada e saída. Então vamos lá:

  1. Operação de compra a seco em PUT na BVMF: iniciei a operação com o IFR da BVMF3 a 90. A ação estava em torno de R$20,20. Comprei a PUT BVMFT20 (strike em 19,92) com preço de R$ 0,63 e vendi a R$0,82. Retorno de 30%.
  2. Operação de compra a seco em PUT na BBAS: iniciei a operação com o IFR da BBAS3 a 85. A ação estava em torno de R$21,20. Comprei a PUT BBAST21 (strike em 21,13) com preço de R$ 0,68 e vendi a R$0,85. Retorno de 25%.
  3. Operação de compra a seco em PUT na PETR: iniciei a operação com o IFR da PETR4 a 81. A ação estava em torno de R$11,80. Comprei a PUT PETRT42 (strike em 12,00) com prêmio de R$0,61. Ainda não zerei, meu alvo é R$0,84.
  4. Operação de compra a seco em PUT na BBDC: iniciei a operação com o IFR da BBDC4 a 81. A ação estava em torno de R$26,80. Comprei a PUT BBDCT79 (strike em 26,69) com prêmio de R$0,95. Ainda não zerei, meu alvo é R$1,19. Acho que esta eu vou perder mesmo.

Meu STOP nestas operações é financeiro na montagem. Ou seja, eu entro para ganhar ou perder tudo.

Além destas operações eu também LANCEI COBERTO minha posição em PETR4, na CALL na PetrH42, com stike em 12,00. O prêmio recebido foi de 0,61 e o IFR da PETR4 estava em 84 no momento do lançamento. Meu alvo é zerar se o prêmio cair para 0,11.

Por hoje é só pessoal!!

Estratégias de Investimento, Opções, Operações Realizadas

Venda de PUT PetrS12 em 30-06-2015

Amigos, hoje mais cedo realizei mais uma venda de PUT. Desta vez, na Petrobras.

A escolhida foi a PetrS12, com strike em R$12,16. Recebi prêmio de R$ 0,30.

Realizo esta operação quando o preço do exercício é um preço que eu pagaria pela ação. Então, o que eu faço é ganhar dinheiro para comprar uma ação que eu quero pelo preço que eu gostaria de pagar. Se cair até lá, fico com a ação. Se não cair, fico com o prêmio e parto para outra.

P.S.: A PUT que lancei na Vale chegou ao meu valor de strike 15,60. Neste momento, há grande chance de ser exercido e ficar com as Vale. Mas, como o vencimento é no dia 20/07/2015, pode ser que tudo mude.

Ações, Análise Técnica do Calderon

Análise Técnica de Vale5 (continuação)

Uau!

Muita força compradora no papel. Os entendidos de macroeconomia depois venham explicar nos comentários, mas parece que estão botando fé no “PAC” chinês, e os preços do minério de ferro devem estar avançando. O fato é que o rompimento de que falamos ontem se confirmou, e aquela resistência intermediária foi evaporada sem dó nem piedade. Vejam só o gráfico após o fechamento de hoje.

VALE5_Diario

O papel saiu definitivamente da tendência terciária de baixa e também da congestão que vinha desde o início de abril. Tecnicamente já até consideramos o papel em tendência de alta, pois temos fundos e topos ascendentes. Vejam que enquanto o candle de ontem tocava sua extremidade inferior na MME de 20 períodos, o candle de hoje está sentadinho sobre a MME de 50 períodos, que é considerada uma média de médio prazo (meio cacofônico, mas é isso aí). Já a média de longo prazo, de 200 períodos, está ainda bem distante, por volta dos 19,50. Muitos analistas entendem que enquanto o papel oscila abaixo da MME200 ele ainda não tem tendência primária de alta. Eu concordo.

Agora que passou como um foguete pela resistência dos 16,93, o objetivo principal do papel passa a ser os 19,14, com uma pausa intermediária nos 17,51-17,74, por conta de resistência menos importante originada em janeiro/fevereiro (destacada com uma elipse no gráfico. Pode ser que o papel venha a tomar um fôlego antes de retomar sua caminhada, já que o IFR bateu em 74 no fechamento de hoje. Por isso não me surpreenderia uma pequena realização antes da retomada buscando o objetivo.

Pela análise técnica, como o papel entrou em tendência de alta e rompeu resistência, a indicação seria de compra com objetivo nos 19,14 e stop loss nos 16,93. O que dá um potencial de ganho de 9,18%, e perda de 3,42% no acionamento do stop. Eu particularmente não gosto dessa operação, pois o stop está muito longo e o IFR muito esticado, mas ta aí. O que eu acho? Acho que, se não perder a tendência, antes de buscar os 19,14 ele deve fazer um fundo próximo desses 16,93 (podendo até ser abaixo, sem perda de tendência, o que acionaria o stop) e gerar uma oportunidade melhor para a compra, com o IFR abaixo de 60. Se operei hoje? Claro que sim! Mas isso é assunto pra outro post.

E vocês, o que acham?

Vamo que vamo!

Ações, Análise Técnica do Calderon

Análise Técnica de VALE5

Depois do rallye da Petro, agora parece que é a vez da Vale se recuperar. O papel vinha em tendência terciária de baixa até 02/04, quando começou um período de indefinição no qual a volatilidade vai paulatinamente diminuindo, chamado tecnicamente de flâmula (pennant). Vejam no gráfico diário abaixo que os topos e fundos formam um triângulo simétrico, que foi marcado em vermelho.

VALE5_DiarioOutra característica deste tipo de figura é que o IFR vai se “normalizado,”, ou seja, vai tendendo a voltar para 50, até que ocorre a ruptura da figura e o IFR passa a pender para um lado (comprado ou vendido). As flâmulas, assim como as bandeiras e os triângulos, são figuras de continuidade. Ou seja, é uma parada do papel em uma indefinição para “ganhar força” e continuar o movimento na mesma direção que vinha. Mas às vezes, como é o caso de hoje, o rompimento aponta para uma reversão.

Pode até ser que a figura ainda não tenha se completado e venha a formar uma bandeira de baixa, mas o que importa para nós é que houve no pregão de hoje um triplo rompimento: o papel rompeu a linha de tendência de baixa (LTB, que é a linha superior da flâmula), rompeu a Média Móvel Exponencial de 20 períodos (MME20 – no print do gráfico está a MMA, que é artimética, mas a exponencial fica aproximadamente no mesmo nível) e também rompeu a importante resistência dos 15,96, mostrada como uma linha horizontal vermelha no gráfico. O volume também está sendo expressivo (barras na parte inferior do gráfico), o que pode ser um bom sinal para os comprados.

Todo rompimento precisa de confirmação. Havendo a confirmação amanhã (ou seja, se fechar acima dos 15,96), podemos considerar que este virou o novo suporte e o papel fica destravado para acelerar até a importante resistência dos 16,93. As próximas resistências seriam 18,30 (fraca) e 19,11 (forte). Mas não sei se teria fôlego para um rallye até lá sem alguma correção.

Pra quem for operar na compra, sugiro aguardar o fechamento (ou pelo menos o final do pregão) de amanhã, pois como disse pode ser somente mais um candle de uma bearish flag. Agora para os lançadores de opções, que precisam otimizar o delta (cotação) com o theta (vencimento) e o vega (volatilidade), eu diria que caso amanhã confirme rompimento, o lançamento para remuneração de carteira na VALEE48 (strike18,34) parece ser seguro do ponto de vista de não ser exercido. Só tem que ver se o prêmio vai valer o risco.

O que vocês acham? Mandem suas impressões nos comentários.

E vamo que vamo!!