Ações

Acompanhamento das Operações de Abril

Fala Galera!

Vcs viram a operação do Evaldo, que beleza?!?É uma operação interessante, cujos riscos são bem controlados e, feito numa boa estratégia de gestão de carteira, pode dar uma bela turbinada no resultado da carteira.

Bull Market Forever?!? Hehehe. A bolsa voltou a dar muita alegria (pros comprados, fique claro), e começa novamente a virar notícia na mídia. Boas oportunidades para investimento nessas movimentações, com certeza. Mas não abri este post pra falar disso, mas sim sobre o acompanhamento que venho fazendo das minhas operações abertas em abril. Eu acompanho o mercado diariamente, o que me toma entre 30 e 60 segundos todos os dias. A cada 2 a 4 dias abro o HB, dou uma olhada nas posições e abro o gráfico de análise técnica. Uns 5 minutos, mais ou menos. Analiso então o gráfico pra definir/modificar a estratégia, o que me leva mais um minuto. Como podem ver, minha rotina para operar é bem relax, e estou confortável assim. Se operasse com mais frequência, talvez ganhasse mais dinheiro, mas perdesse em qualidade de vida. All things considered, resolvi pautar minhas operações nessa rotina.

Quando decido que vale a pena compartilhar a análise técnica, preparar cada gráfico me toma uns 20 minutos, mais outros 40-60 para redigir o post e tentar explicar as análises. Daí acho que vocês entendem porque os posts não são tão frequentes…

Bem, mas vamos ao assunto, analisando cada uma das minhas operações:

1) Remuneração de Carteira com Vale 5 em 23/04

Acho que foi a operação que sofreu a maior reviravolta, pois fez um forte pullback, levando o papel que vinha com muita fraqueza a testar as máximas dos últimos 6 meses. Estou na VALEE19, com strike em 18,84, e o papel fechou ontem em 19,20. o Gráfico está interessante:

VALE5_Diario

Vejam que o papel rompeu a resistência dos 19,14 em 04/05, confirmou no pregão seguinte e teve todos os fechamentos (até ontem) acima dessa resistência, o que me diz que este é um importante marco para o papel (seja como novo suporte ou como resistência). Por outro lado, o papel não conseguiu firmar nenhum fechamento acima da MME de 200 períodos (em torno de 19,50), podendo indicar uma tendência de correção para médio prazo. Em teoria, papéis que operam acima da MME200 apresentam tendência de alta por prazos mais longos.

Notem que foram abertos 2 gaps: um no dia 24/04 (já fechado) e outro no dia 04/05, este ainda em aberto, com fechamento nos 18,15, conforme reta traçada no gráfico. Notem que este fechamento ocorre numa região de proximidade com a Linha de Tendência de Alta (LTA) do papel, então o fechamento pode ocorrer sem que haja perda da tendência de alta do papel.

Acredito que se o papel tiver um fechamento abaixo dos 19,14, deve vir buscar o fechamento desse gap, mas acredito também que, em não se rompendo a LTA, a tendência de alta continue no curto prazo. Para minha operação, qualquer fechamento do papel no final da semana que vem abaixo dos 19,00 é bom, pois me possibilita ou o ganho total do prêmio, ou uma rolagem para a série F de maneira confortável. Vou trabalhar então com 3 cenários nessa próxima semana:

a) Fecha o gap nos 18,15, bate (ou não) na LTA e retorna para a faixa dos 19,00. Neste caso espero embolsar todo o lucro ou rolar para a próxima OTM.

b) Fecha gap nos 18,15 e fura a LTA para baixo. Neste caso eu levo para o vencimento e espero para lançar a próxima série nas proximidades dessa mesma resistência dos 19,14

c) Faz somente o falso rompimento dos 19,14 e faz fechamento acima dos 19,50. Neste caso, farei a rolagem na quinta ou na sexta-feira, pois a tendência de alta estará confirmada e a próxima resistência somente nos 21,41. Não é uma possibilidade tão remota, uma vez que o papel parado foi aliviando o IR (que já está abaixo de 60)

2) Rolagem de Fuga na PETR4 em 17/04

Estou vendido nas PETRE11 (strike 11,00) PETRE41 (strike 11,50). O papel vem mantendo a tendência de alta de curto prazo, respeitando perfeitamente a LTA iniciada em 13/03. Também já opera acima da MME200 desde 30/04. Próxima resistência importante somente nos 15,26. IFR abaixo de 60. Ou seja, tudo aponta para cima e a maior probabilidade é de que o papel esteja próximo dos 14,50-15,00 pelo final da semana que vem. Se romper a LTA deve aliviar para a região dos 11,90-12,25, onde define se retoma trajetória de alta com uma LTA menos inclinada ou se congestiona.

PETR4_Diario

O que vou fazer:

Quando a opção fica muito ITM, perde liquidez e, portanto, os spreads começam a aumentar, ficando desvantajoso fazer a recompra para a rolagem. Vou monitorar durante a semana e se não for negócio rolar pra cima, deixarei exercer pelo menos as E11, podendo deixar as E41 irem também.

3) Operação de Taxa com PETR4 em 23/04

Sem muito a comentar. Papel subiu, a operação deu certo e embolsarei todo o lucro no vencimento, a não ser que o papel retorne abaixo de 10,50.

4) Remuneração de Carteira com BBAS3 em 23/04

Também sem muito a comentar. Estou lançado na BBASE29 (strike 28,30). Papel oscilando em torno dos 27,80 no momento. Se for exercido, ótimo, senão embolso o prêmio e lanço a BBASF29 (strike 28,59) ou a BBASF59 (strike 29,59).

É isso que tenho pra acompanhar. E vocês, o que acharam e o que planejam fazer no vencimento da série E?
Vamo que vamo!

Anúncios

Um comentário sobre “Acompanhamento das Operações de Abril

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s