Ações

Mil visitas no mês… e uma reflexão.

Prezados amigos, o blog atingiu um número de visitas inimaginável quando o comecei.

O objetivo inicial do blog (que ainda permanece) é minimizar minhas ações de cobiça e ganância. Isto porque estudos do comportamento constataram que quando um indivíduo diz que vai fazer alguma coisa, escreve seu compromisso e ainda têm outras pessoas para ler, aumenta a probabilidade deste indivíduo buscar manter sua palavra.

Desta forma eu comecei a registrar minhas operações e meus critérios utilizados para minha esposa e amigos acompanharem e me ajudarem na árdua tarefa de controlar o instinto animal.

Depois de pouco tempo, vários amigos começaram a nos acompanhar para aumentarem seus conhecimentos sobre investimentos e não há nada que me satisfaça mais do que participar do desenvolvimento de pessoas. Daí convenci o amigo Doutor Calderon para postar as análises que ele fazia verbalmente e ele topou. Este último fator potencializou o número de visitantes e permitiu que compreendêssemos o que o pessoal que nos acompanha mais quer ver postado.

Isto nos leva a pensar que pode ser uma boa ideia criar um novo domínio, que seja menos direcionado à construção do patrimônio da minha família e que seja mais a cara de todos os que buscam construir um aprendizado conjunto.

Cabe também uma observação: o pessoal meu amigo me chama de mestre por causa da minha obsessão em ensinar a todos as coisas que eu gostei de aprender, não é por qualquer pretensão. Também chamamos o Calderon de doutor por sua atividade profissional.

Esta quantidade de visitas realmente me surpreendeu, obrigado pelas leituras e comentários.

Agora vamos parar de lero-lero e vamos cobrar uma análise técnica atualizada do Dr. Calderon.

Anúncios

9 comentários sobre “Mil visitas no mês… e uma reflexão.

  1. Meus parabéns!
    Tá certo que esse mês eu tava meio desocupado e visitei seu blog 948 vezes, mas isso significa que temos outros 52 visitantes!
    hehehe

  2. Bem…. não visitei tanto assim, mas confesso que tenho buscado, recentemente, alguns conhecimentos com o Mestre e o Doutor.

    Gostaria de resaltar que hoje foi a primeira vez que paguei um DARF referente a um Day-trade que fiz ontem. fui no site da receita (seguindo a dica do Calderon), que foi muito fácil, e além de quitar minha dívida (esse mês) com o Leão, pude multiplicar este conhecimento com outros colegas de trabalho. Por sinal, tem um de São Fidelis, que compra um bloco de DARF para preenchimento manual. Pode acreditar?

    Agora ele já faz sozinho e consegue, pelo codigo de barras gerado) pagar pela internet, sem precisar enfrentar filas do Banco do Brasil, coisa que fazia até semana passada.

    Parabéns pelo Blog…

    1. Denny, se você teve lucro em daytrade nesta semana, o Darf só deve ser recolhido no último dia útil de abril.

      Parabéns por ter ensinado o pessoal como se faz, eles ainda talvez não percebam mas você agregou qualidade e tempo de vida à eles. Agora eles têm mais tempo para se dedicar a outras coisas (qualidade) e também terão menos estresse por enfrentar menos filas (pessoas que se estressam menos vivem mais).

    1. Denny, a Receita diz que a apuração do resultado é mensal e que deve ter sua situação fiscal quitada até o último dia útil do mês subsequente.
      No limite, imagine uma empresa apurando seu Imposto sobre toda mercadoria vendida? Impensável né.

      Só não faça que nem uns raptores por aí que deixam acumular vários meses por esquecimento.

    2. Denny, pagar no último dia útil do mês seguinte te traz duas vantagens:

      A primeira é que se você recolhe a cada operação, perde a possibilidade de compensar os prejuízos do mês vigente. Exemplo: fez uma operação com lucro de R$1000,00 na primeira semana do mês e pagou R$150,00 de imposto no dia seguinte. Na última semana do mês faz uma operação com prejuízo de R$1000,00. Não adianta pedir que a receita não vai te devolver os R$150,00 já pagos. O prejuízo dos R$1000,00 só vai poder ser compensado em lucros posteriores (se eles ocorrerem… hehehe)

      A outra vantagem é o valor do dinheiro no tempo. Se você aplicar seus lucros no CDI durante o período de mais de um mês até o vencimento da dívida com a receita, essa aplicação paga parte do seu imposto. Resumindo: quem tem dinheiro na mão é bonito, cheiroso e até canta bem.

      Abs,

  3. Eu acumulei vários meses quando não tinha imposto a pagar (devido aos prejuízos da crise).
    O problema foi que depois que voltei a pagar imposto tive que fazer o levantamento de todos os meses anteriores.
    Mas eu não tive que pagar DARFs atrasadas, pelo menos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s